Desembolsos do BNDES cresceram 12% atingindo R$156 bilhões em 2012

por Luiz Gustavo Pacete

Conforme adiantou a coluna na edição da Dinheiro desta semana, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apresentou nível recorde de consultas e aprovações em 2012. O volume de recursos liberados para micro, pequenas e médias empresas foi de R$50,1 bilhões, recorde da história do banco.

Já os desembolsos do BNDES foram de R$ 156 bilhões em 2012, com crescimento de 12% na comparação com o ano anterior. As consultas, com alta de 60%, e as aprovações de novos projetos, que cresceram 58% em relação a 2011, atingiram níveis sem precedentes na história do Banco.

Segundo comunicado do BNDES, os indicadores “refletem a forte disposição de realização de investimentos por parte dos empresários brasileiros”.

Entre os principais setores responsáveis pelos números positivos estão: indústria e infraestrutura que absorveram, juntos, 65% (R$ 100 bilhões em termos absolutos) do total desembolsado pelo Banco em 2012. Dentro deste segmento, energia elétrica desembolsou R$ 18,9 e transporte rodoviário R$ 15,5 bilhões.

Química e petroquímica R$ 8,5 bilhões e material de transporte R$ 7 bilhões. O setor de comércio e serviços manteve crescimento e desembolsou R$ 44 bilhões, 28% do total.

O bom desempenho do BNDES em 2012 é resultado, em grande parte, do conjunto de medidas adotadas pelo Governo Federal para estimular o crescimento dos investimentos no País, tanto do setor público quanto do privado.

Siga-me no Twitter
Acompanhe meu perfil no Facebook

Compartilhe este post